Yoga – Is it a Life Style or not? Yoga – estilo de vida ou não?

( for english version scroll down please)

Yoga é um estilo de vida…

Após algum tempo dando aula, começamos a ter mais clareza dos motivos que levam os alunos a buscarem o Yoga.

Alguns vem por indicação médica. Buscam por paz e menos stress. Outros vem para aprender a fazer aqueles ásanas mais elaborados, tão difundidos no Instagram e Facebook. Existem também aqueles que aparecem porque vai fazer bem para o corpo e Ommmmmm para a mente.

Independente do motivo que lhe trouxe até o tapete, ele é abençoado. É dito que aqueles que vem para o Yoga ou outras disciplinas Védicas, tem bom Karma e conta com as bençãos dos deuses.

Acredito que a prática de Yoga tem sua vida própria .Às vezes queremos tanto fazer tal pose, ou então ativar tal bandha ou respiração e não conseguimos de pronto. Acredito que não é você quem controla a sua prática de Yoga , mas sim o contrário . O Yoga é que toma conta mesmo, basta lhe dar a adequada abertura.

Quando digo que Yoga é um estilo de vida, não me refiro a imagem extremamente usada nas mídias sociais, daquela pessoa de tatuagens, calças largas e cabelo comprido. Esse layout é muito superficial.

Yoga é um estilo de vida porque proporciona ao praticante um grande mergulho em si próprio. É como se você passasse a se olhar com mais cuidado, mais atenção. E a partir desse novo olhar sobre si mesmo, você passa a ressignificar seus hábitos,seu trabalho, sua alimentação, seus relacionamentos e sua relação com o divino. Obviamente como somos diferentes e estamos em ciclos diferentes, alguns conseguem se abrir mais para a prática e as mudanças vão ser mais profundas e outros vão conseguir fazer pequenos ajustes, possíveis e plausíveis à aquele momento.

Já vi casos de alunos que entraram num processo de ressignificação tão denso rápido que abandonaram a prática porque a transformação estava muito difícil.

Por isso que quem faz Yoga muda , muda o quanto consegue. E esta mudança acontece de forma interna e eterna. Porque uma vez que você dá um novo significado à algo, você não volta para trás. Aquilo é transformado em outro aquilo. O motivo antigo perde força e se torna algo mais intrinsicamente ligado a sua natureza e ao seus princípios e valores.

Por isso praticantes de Yoga com o tempo mudam mesmo. Findam relações que aparentemente davam certo, mudam de profissão e até mesmo de cidade ou país. Deixam de comer certos alimentos, começam a se vestir com mais autenticidade. Despertam para a natureza e para o sagrado.Passam a ter uma atitude mais consciente no dia a dia e atuam de forma mais orgânica e natural com si próprios e com os outros. Enfim adotam um novo estilo de vida …

Om

Cris Shukla

Yoga is a way of life …

After some time teaching, we begin to have more clarity about the reasons that lead students to seek for Yoga.

Some come by medical reasons. They look for inner peace and less stress. Others come to learn how to make those more complex asanas, so widespread on Instagram and Facebook. There are also those that appear, because it will do well for the body and Ommmmmm for the mind.

Regardless of the motive that brought you on the mat, it is a blessing. It is said that those who come to Yoga or other Vedic disciplines, have good Karma and rely on the blessings of the gods.

In particular, I believe that it is not you who control your Yoga practice, but rather the opposite. The practice of Yoga has its own life and effort. Sometimes we want so much to do such a pose, or to activate such a bandha and it simply doesn’t happen. It has its own time and rhythm and as a Yogi you should do your part showing up on the mat every day.

When I say that Yoga is a way of life, I do not mean the extremely used image on social media, that person’s tattoos, wide pants and long hair. This layout is very superficial.

Yoga is a lifestyle because it gives the practitioner a great dip in himself. It’s as if you’re looking at yourself more carefully, with more attention. And from this new perspective at yourself, you begin to re-signify your habits, your work, your food, your relationships and your relationship with the divine. Obviously because we are different and we are in different cycles, some are able to open up more to the practice and the changes will be deeper and others will be able to make small adjustments, possible and plausible at that moment.

I have seen cases of students who have entered a so dense and fast process of resignification , that they abandoned the practice because the transformation was very hard on them.

That is why the one who does Yoga changes, changes how much he can. And this change happens in an internal and eternal way. Because once you give a new meaning to something, you do not go back. That is transformed into something else. The old motive loses strength and becomes something more intrinsically linked to your nature and to yours principles and values.

That is why Yoga practitioners over time change. They end relationships that didn’t work, change profession and even city or country. They stop eating certain foods, start dressing more authentically. They awaken to the nature and to the sacred. They can have a more conscious attitude on the daily basis and act in a more organic and natural way with themselves and with others. At last they adopt a new way of life …

Om

Cris Shukla

2 Comments

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s