Com a cabeça nas estrelas…I have been with my head in the stars lately….

Vedic-astrology1

Nas últimas  três semanas ando literalmente com a cabeça nas estrelas. Após quase 20 anos ouvindo minha Revolução Solar ( ou o mapa astrológico para aquele ano), decidi aproveitar a oportunidade oferecida e mergulhar na Astrologia Védica como aluna.

Este ano tive que dar uma sossegada no ritmo de trabalho e tem sido ótimo porque pude voltar a focar em ser uma aluna, estudando disciplinas que há tempo queria aprender mais. Assim veio primeiro o Vedanta e agora a Astrologia Védica.

Muitas vezes quando se pensa em Astrologia, sendo ela Védica ou Ocidental os mais céticos acreditam que ambas se baseiam em fatos não verídicos ou pouco racionais. Alguns ainda argumentam que se quando nascemos já está  tudo determinado, o que realmente fazemos aqui então ? Para que batalharmos pela mudança se os planetas já  estão condicionando nossa vida?Mas na verdade não é bem assim que funciona.

De acordo com a Astrologia Védica, quando nascemos, na exata hora de nossa chegada aqui na terra, os planetas estão alinhados em determinadas posições. É como se tirássemos uma foto desse momento no céu. Nesse exato instante o Sol, a Lua entre outros estão vibrando em certa energia e com essa energia de todos os 9 planetas que marcamos nossa chegada a nossa querida Terra mãe .

Então se quando você nasceu Marte se alinhou e se posicionou na casa 1, a casa da Vida, isso mostra que você é uma pessoa de personalidade corajosa, destemida que se responsabiliza por sua vida e em tocá-la para frente. Esse é um exemplo simples, só para termos mesmo uma ideia desse mundo arte da Astrologia. O mapa natal de uma pessoa é algo a ser interpretado como um todo onde cada planeta posicionado em determinado grau, em certas casas, acompanhado de uma constelação cria toda uma energia que vai se irradiar em você e em sua alma, na sua forma de pensar e de se relacionar com o mundo.

Pensando assim podemos entender a Astrologia Védica como um grande mapa de auto conhecimento . Como se ao olharmos para ele, nós nos enxergamos sob uma nova perspectiva. Entendemos nossa individualidade dentro de uma certa ordem. Acessamos um portal onde vemos tudo o que acontece dentro de nós  e assim podemos objetificar nosso funcionamento, entendendo melhor nossas emoções. Ter acesso ao nosso mapa, dá nos a chance de criar uma harmonia cada vez mais acertiva dentro de nosso próprio funcionamento interno.

Lindo, não? Poético…Quem não quer se entender melhor?Quem não quer saber como lidar de uma forma melhor consigo próprio e as próprias emoções?

Lembrando que o mapa de nascimento é uma das possibilidades que a Astrologia Védica nos traz. Podemos através dela ainda acompanhar o trânsito  dos planetas à medida que o tempo passa e verificar tambem quais datas são mais apropriadas para determinados acontecimentos.

Existe uma sincronicidade de energias atuando no Universo, quer você as observe ou não. Elas atuam das mais variadas maneiras em nossas vidas e no Universo. Quanto mais nos integrarmos ao que acontece no momento presente, mais podemos atuar de forma eficiente e construtiva em nossas próprias vidas.

Espero ter trazido um teco da minha nova jornada nessa disciplina arte e pouco a pouco vou trazendo aqui o que ando aprendendo….

Fica aqui o meu convite…

Om

Cris

Links uteis : http://www.astroshakti.blog.br/

https://www.vedanta.life/p/curso-de-astrologia-vedica-360

————————————————————————————————————————————————————–

For the last three weeks I’ve been literally with my head in the stars. After nearly 20 years of listening to my Solar Revolution (or the astrological map for that year), I decided to take advantage of the opportunity offered and immerse myself in Vedic Astrology as a student.

This year I had to take some time off and it has been great because I could focus on being a student again, studying subjects that have long wanted to learn more. I have started learning Vedanta and Vedic Astrology.

Sometimes when we think about Astrology,  Vedic or Western, the most skeptical believe that both are based on non reliable facts. Some still argue that if everything is already determined, what do we really  have to do here then? What is the purpose of going after change, if planets are conditioning our lives? But this is not how the Astrology works.

According to Vedic Astrology, when we are born, at the exact time of our arrival here on earth, the planets are aligned in certain positions. It is like taking a  picture of that moment in the sky. At that very moment the Sun, the Moon among others are vibrating in a certain energy that will affect you.


So if  when you were born, Mars was aligned in a way, that puts it  in your first house , the house of Life, this shows that you are a brave, fearless person  who takes responsibility for your life . This is a simple example,  so we can have an idea of ​​this  art called Astrology. The birth chart of a person has to be interpreted as a whole, in which each planet positioned in a certain degree, in certain houses, accompanied by a constellation creates an energy that will affect you and your soul, your  way of thinking and the way you relate to the world in a very specific way.
From this point of view we can understand Vedic Astrology as a great map of self knowledge. When we look at it, we see ourselves in a new perspective. We understand our individuality within a certain order. We access a portal where we see everything that happens inside us and so we can objectify our operation, understanding our emotions better. Having access to our map gives us the chance to create a more harmonious relationship with ourselves.
The birth map is one of the possibilities that Vedic Astrology brings us. Through it we can still follow the transit of the planets as time passes and also check which dates are more appropriate for certain events.

Isn’t it cool ? Poetic … Who does not want to understand yourself better? Who does not want to know how to deal better with your emotions?
There is a synchronicity of energies acting in the Universe, whether you observe them or not. They act in a variety of ways in our lives and in the Universe. The more we integrate into what happens in the present moment, the more we can act efficiently and constructively in our own lives.I hope I have brought a bit of my new journey in this art discipline and little by little I will be bringing here what I have been learning ….Here’s my invitation …OmCris

 

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s