So, what is there in your box?! Então, o que tem na sua caixa?

julia-elephant_1723515i

Image  from here

Other day there I was sitting on the couch, thinking about what to watch on TV…Yep…Sometimes too much thinking for less watching but anyway  with the power of Netflix on the screen I chose Eat, Pray and Love. Some of you might say, what a cliche…I might agree or not, but truth is I really wanted to watch that scene again… Nope…Not the elephant scene or the amazing landscapes of Bali. I wanted to watch that scene when Julia Roberts (ak as Elizbeth Gilbert in real life ) asks her agent: When did you know you have always wanted to have a baby?

The agent replies with a simple look and answer – Since I have the box. Which box? A box that she has started to fill it up since she was a kiddo. She put there  clothes and other cutie stuff for babies. Julia Roberts looks at the box and she starts trying to guess what she would have put in her box : maps, travel guides, passports, lots of travel pics.

Inspired by the scene, I start to think about my box. I do have this feeling that once we were kids we always have known what we wanted to do in life.But then we grow up and guess, some of us just forget what we wished for when we were younger. That´s why keeping the box or a diary, or some cherished pics are always a good track to follow again once you forget why you are doing something or simply why you should quit something to really go after what you have always wanted to do in life.

My whole childhood was filled by lots of nature and movement. I just luv watching people move. Observe them. See how they express themselves in a such a various ways of movement. I feel that when there is an authenticity, a clear intention the movement goes beyond the functional anatomy and shows the soul, the prayer, the devotion behind that gesture. That’s how yoga got into my box…Yoga brings those inner layers to the surface making us more conscious about ourselves. About our individualities and our connection with the divine.  That is how asana pictures, mantras, aruyvedic recipes, sutras , etc got into my box…..As a practioner, yoga has taught me to look deeper into myself. As a yoga teacher my goal is to help students look deeper into themselves.

2015 is about to end. Maybe it is just a change in the calendar, or maybe it is just a way of you taking advantage of the moment and take a look into your box. When you were a kid what have you already put in there? What are you willing to take out of it? Or what are you wanting to place in the box right now? Hope you have fun when thinking about your box and also I hope you can find some good inspiration there too…

Love

Cris

Outro dia lá estava eu ​​sentada no sofá, pensando sobre o que assistir na TV … Sim … Às vezes demoro um tempão para escolher e assisto super pouco, mas de qualquer maneira com o poder da Netflix na tela eu escolhi Comer, Rezar e Amar. Alguns de vocês podem dizer, que clichê!  Eu poderia concordar ou não, mas a verdade é que eu realmente queria ver uma cena novamente … Nope … Não é a cena do elefante ou das incríveis paisagens de Bali. Eu queria ver aquela cena quando Julia Roberts (ou Elizabeth Gilbert na vida real) pergunta à sua agente: Quando você soube que queria ter um bebê?

A agente responde de forma simples – Desde que eu tenho a caixa. Qual caixa? Uma caixa que ela começou a preenchê-la desde  garota. Ela colocou lá roupas e outras coisas fofas para bebês. Julia Roberts olha a caixa e  começa a tentar adivinhar o que ela teria colocado em sua caixa: mapas, guias de viagem, passaportes, muitas  fotos.

Inspirada pela cena,  começo a pensar sobre a minha caixa. Tenho a sensação de que quando éramos crianças nós já sabíamos o que queríamos fazer na vida. Mas então  crescemos e alguns de nós simplesmente esquecem o que desejávamos . É por isso que manter uma caixa ou um diário, ou algumas fotos queridas são sempre um bom caminho para seguir de novo uma vez que você esquece porque  está fazendo algo ou simplesmente por que deve parar de fazer algo para realmente ir atrás do que você sempre quis na vida.
Toda a minha infância foi marcada por muita natureza e movimento. Eu adoro assistir  as pessoas se moverem. Observá-las. Ver como se expressam de várias formas usando o movimento. Sinto  que quando há uma autenticidade, uma intenção clara, o movimento vai além da anatomia funcional e mostra a alma, a oração, a devoção por detrás dele. Isso é como o yoga entrou na minha caixa …Ele traz à tona essas camadas internas que se sobrepõem aos movimentos mecânicos. Transborda a conexão interna, transformando-a em linguagem externa que pode ser vista e compreendida por todos que estiverem abertos para. Foi assim então que  imagens de asanas, mantras, receitas ayurvédicas, sutras, etc, foram parar na minha caixa ….. Como praticante tenho essa paixão pela busca no sagrado em mim. E como professora  minha intenção é ajudar o aluno a buscar a encontrar o sagrado, a beleza em si mesmo.

2015 está prestes a terminar. Talvez seja apenas uma mudança no calendário, ou talvez seja apenas uma maneira de você aproveitar o momento e dar uma olhada em sua caixa. Quando você era criança, o que você já colocou lá? O que você está disposto a tirar da caixa agora? Ou o que você está querendo colocar na caixa neste momento? Espero que você se divirta quando pensar em sua caixa e também espero que possa encontrar algumas boas inspirações lá também …

Love

Cris

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s